quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Natal Solidário - 2010

Aconteceu no último dia 23 o XII Natal Solidário. A festa teve dois momentos: no dia 22 de dezembro aconteceu a parada natalina, onde professores, alunos e funcionários sairam pelas ruas de nossa querida Icoaraci levando a mensagem de paz, fraternidade e amor. O segundo momento aconteceu no dia seguinte em nossa escola, onde foram entregues pelo próprio papai noel vários presentes a crianças carentes acompanhdo de um delicioso lanche. Parabéns a todos que de alguma forma contribuiram para a realização do evento e que no próximo ano possamos trabalhar mais,  para um Natal Solidário cada vez melhor. Um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo a todos.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

1º RE X PA DOS PROFESSORES DO CEAR

No dia 18/12/2010 ( Sábado) às 10:00Hs aconteceu o 1º RE X PA dos professores da Escola Estadual Avertano Rocha sob a coordenação dos professores Gilbert Raiol, Luiz Clovis e Cosme Viana.Após o RE X PA, houve uma confraternização regado de uma suculenta feijoada, muita alegria e sorteio de vários brindes. Confira os melhores momentos.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Jogos Internos CEAR 2010

No dia 12 de novembro do corrente ano, na quadra de esporte Jorge Lopes Raposo, em nossa escola, foi realizada a XLV edição dos jogos internos avertanianos. O evento organizado ha 27 anos pelo prof. Geral Majella econtou  com a presença de professores, estudantes, alunos e várias celebridades entre elas os ex-diretores Gildo Raiol e Nelson Nassar, além de várias atrações musicais com destaque para o grupo Balé Folclórico da Amazônia. A noite também foi especial para o ex-professor Ronaldo Gamelas que foi homenageado por prestar serviços de mera importância há 32 anos em nossa escola. Confira os melhores momentos.
 

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Olimpíadas de Matemática 2010

Mais uma vez, como sempre, nossos alunos dão um show de bola. Os alunos Kleberson Dias Rodrigues (Medalha de Bronze), Erick Henrique Barbosa do Nascimento e Wendel Mafra Gomes dos Santos (Menção Honrosa) foram premiados na 6 edição das Olimpíadas Brasileira de Matemática de Escolas Públicas(OBMEP). E ainda tem mais, levaram nossa escola a uma das quatro premiadas em todo o estado do Pará. Parabéns a nossa escola, aos professores que nos ajudaram e principalmente a esses exímios estudantes premiados que nos enchem de orgulho.

Premiação da Escola: Kit de material esportivo e livros/vídeos para composição de uma biblioteca básica em Matemática e Ciências.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

NATAL SOLIDÁRIO 2010 - DESFILE NATALINO

Participe do 2º desfile natalino da Escola Avertano Rocha, um evento que faz parte da programação do natal solidário 2010.
O desfile acontecerá no dia 22 de dezembro. A concentração será às 16:30Hs, na Praça Jorge Lopes Raposo.
Inscreva-se em uma das alas do desfile.
Veja abaixo as alas disponíveis e os professores responsáveis por elas:


Alas do Desfile Natalino
1ª Ala " FELIZ NATAL"
  • Professores Responsáveis: Cilene, Clóvis, Mauro;
  • Alunos: Bermuda Branca, Blusa Vermelha, Azul ou Verde;
  • Alunas: Saia Branca, Blusa Vermelha, Azul ou Verde.
2ª Ala " PRESÉPIO VIVO "
  • Professora Responsável: Cilene
  • Personagens:
  1. Maria
  2. José
  3. 3 Reis Magos
  4. Anjo
3ª Ala " FADAS "
  • Professoras Responsáveis: Cláudia, Regina, Maria José;
  • Alunas com roupasde fadas.
4ª Ala " COMO É BOM PRESENTEAR "
  • Professores Responsáveis: Cláudia, Clóvis e Roni
  • Alunos e Alunas vestidos de calça jeans, blusa branca e gorro, portando caixas de presentes e brinquedos diversos(bola,carro,boneca...)
5ª Ala " ÁRVORE DE NATAL "
  • Professor Responsável: Clóvis
  • Alunos do Grupo "Amigos"
6ª Ala " AMIGOS DE NOEL "
  • Professores Responsáveis: Mauro, Santa Roza, Viana
  • Alunos e Alunas com claça jeans, blusa vermelha e gorro.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

APL lembra cinquentenário de Avertano Rocha

Imortal - Acadêmico foi presidente da casa e exerceu altos cargos no Estado

A Academia Paraense de Letras vai celebrar amanhã, a partir das 19 horas, em sua sede, à Rua João Diogo, o cinqüentenário de falecimento do seu ex-presidente, professor Avertano Rocha, ocorrido em 1960. O professor foi um dos mais ilustres educadores do Estado do Pará, tendo sido mestre de inúmeras gerações paraenses, além de advogado, médico, jornalista, escritor e político, sempre ligado aos principais movimentos sociais do país, tais como a grande campanha nacionalista que resultou na criação da Petrobrás, tendo participado, ao lado do escritor Barbosa Lima Sobrinho, do general Horta Barbosa e do jornalista paraense Cléo Bernardo, do comitê denominado "O Petróleo é Nosso".
Além de ter sido presidente da Academia Paraense de Letras, o professor Avertano Rocha foi presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, do Instituto Paraense de História da Medicina, vice presidente do Instituto dos Advogados do Brasil, secção do Pará, e professor Catedrático de Filosofia do Colégio Estadual Paes de Carvalho, do qual foi Diretor por três longos períodos diferentes.
Ao falecer, a 28 de outubro de 1960, um dia após ter completado 77 anos, Avertano Rocha tinha em seu currículo a fundação de duas Faculdades no Pará: a Faculdade de Ciências Econômicas, Contábeis e Atuariais do Pará e a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Pará, ambas depois incorporadas à recém-criada Universidade Federal do Pará.
Além de sua atividade educacional, Avertano Rocha exerceu os mais altos cargos públicos no Estado, tendo sido Procurador Geral do Estado e Presidente da Comissão Negociadora da Questão da Divisa entre o Pará e o Amazonas, tendo deixado um excelente Relatório sobre o assunto e que hoje se encontra no acervo do Instituto Histórico e Geográfico do Pará.
Avertano Rocha deixou muitas obras publicadas relativas a filosofia, direito e medicina, além de extensa colaboração nos extintos jornais "Folha do Norte", "O Estado do Pará" e "A Província do Pará". Foi também, como examinador de concursos, membro das congregações de catedráticos das Faculdades de Direito do Pará, de Medicina e Cirurgia do Pará e de Farmácia do Pará, quando essas entidades eram escolas superiores isoladas, posteriormente encampadas pela Universidades Federal do Pará.
Quando dos funerais de Avertano Rocha, o seu corpo foi levado a pé, sobre os ombros de estudantes, políticos e homens do povo, do salão nobre da congregação do Colégio Estadual Paes de Carvalho, na Praça da Bandeira, até o Cemitério Santa Izabel, onde foi sepultado, sob grande emoção de seus parentes e amigos.
Falaram por ocasião do sepultamento de Avertano Rocha inúmeros oradores, entre os quais, como representantes dos estudantes, o atual deputado federal Gerson Peres e o hoje professor Édson Franco que, por sinal, será o orador oficial que saudará a memória de seu Mestre na APL, em nome do Silogeu do qual e Membro efetivo e perpétuo.
Em nome da família do mestre falecido falará seu neto, o médico oncologista Antonio Bomfim Marçal Avertano Rocha.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Projeto Natal Solidário 2010

A escola Avertano Rocha tem o prazer de comunicar a toda comunidade icoaraciense que está lançado o Natal Solidário 2010.

Confira as informações:
22/12/2010 - Desfile Natalino
23/12/2010 - Distribuição de brinquedos na quadra da escola

Captação de Recursos
  • Alunos colaboradores: contribuição de R$ 2,00 / mês, nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro.
  • Professores colaboradores: Contribuição de R$ 10,00 / mês, nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro.
  • Rifa de uma bicicleta, no valor de R$ 2,00, a correr no dia 6 de novembro.

Obs: outras formas de arrecadação serão analisadas.

  • No dia 23 de dezembro, serão distribuidos 400 brinquedos ( 200 de meninos e 200 de meninas)
  • Os alunos colaboradores serão convocados a participar de reuniões para organização do evento. Estes alunos ajudarão também no dia do evento.
  • O aluno que quiser, poderá ser apenas colaborador financeiro.

A equipe coordenadora do natal solidário é composta pelas seguintes pessoas:
  • Professora Claudia Ribeiro
  • Professora Cilene Mourão
  • Professor Luís Clovis
  • Professor Mauro Chaves
  • Professor Cosme Viana
  • Professor Roni Lopes
  • Professora Regina Matos
  • Professor Ronaldo Gamelas
Os alunos colaboradores deverão efetuar o pagamento das mensalidades para:
  • Turno da Manhã: Profª Claudia Ribeiro
  • Turno da Tarde: Prof. Mauro Chaves e Profª. Cilene Mourão
  • Turno Noite: Prof. Cosme Viana

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

CEAR Aborda o Modernismo Paraense

As turmas da noite 301,302,303,304 e 305 realizam, na escola, a exposição Modernismo Literário no Pará, sob a orientação do professor João Jorge Pereira dos Reis. O trabalho, confeccionado em banners, consiste em poemas e biografias de cinco escritores modernistas da literatura brasileira de expressão amazônica: Bruno de Menezes, Jacques Flores, Mário Faustino, Max Martins e Age de Carvalho.


Atenção Professor de Matemática

Estão abertas as inscrições para o curso “Materiais Virtuais Interativos para o Ensino da Matemática na Educação Básica”. O curso é destinado a professores de matemática da rede pública. O curso tem fluxo contínuo de entrada, mas com conclusão em junho ou novembro de cada ano. O Curso é “gratuito” e na modalidade EAD em ambiente virtual. O certificado será fornecido pela UNIJUI - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. 
Para maiores informações acesse o endereço abaixo:

 http://www.projetos.unijui.edu.br/matematica/oferta4.html

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Relação dos Alunos aprovados na 1ª fase das Olimpíadas de Matemática 2010

1. Nível 2
Nº Nome Turma Pontos
01 Lucas Matos Rodrigues  802 M 13
02 Thais dos Santos Leal 801 M 11
03 Thiago Moraes Machado 801 T 10
04 Jaime da Costa Cabral Junior 802 M 09
05 Jordan Eduardo Barros da Silva 801 M 09
06 Raydilson Emanuel Moura Mendes 801 M 08
10 Aline Caroline de Souza Amaral 801 M 07
09 Allison Jouberth Miranda Oliveira 801 M 07
13 Ana Alice da Silva Castro 802 M 07
08 Danielle dos Santos do Nascimento 701 T 07
07 Joyce Letícia da Silva dos Santos 701 T 07
11 Lucas Figueiredo Pinto 801 M 07
12 Tarcisio de Assunção Rodrigues 701 M 07

2. Nível 3
Nº Nome Turma Pontos
01 Cleberson Dias Rodrigues 202 M 16
02 Wendel Mafra Gomes dos Santos 306 N 15
03 Dayana dos Santos Pantoja 205 M 15
04 Edil Soares de Oliveira 203 M 13
05 Natielly Elis Sousa de Miranda 301 M 13
06 Rita Helena Cunha Oliveira 302 M 12
07 Paulo Vitor Souza de Souza 305 M 12
08 Jhonata Maico Paes Bezerra 201 M 12
09 Eduardo Porfírio de Mendonça Neto 101 M 12
10 Wanessa Cristina de Souza 202 T 12
11 Mauro Sergio Souza Matoso Junior 202 M 12
12 Jorge willames Siqueira de Souza 206 T 12
13 Antonio Rafael Oliveira de França 206 T 10
14 Alan Tony Souza Veloso 107 M 10
15 Dennis Henrique Pereira Oliveira 107 M 10
16 Ana Caroline Palheta de Farias 201 M 10
17 Edycarlos Dias de Sousa 204 M 10
18 Helen Priscylla de Sousa da Silva 304 M 10
19 Elton de Sousa Silva 303 T 09
20 Gilmar de Noronha Santos 204 T 09
21 Maurício Gustavo Diniz de Araújo 204 T 09
22 Américo Anderson Sousa de Castro 104 T 09
23 Giovana Alexandra Melo Almeida 105 T 09
24 Ingrid Santos Palheta 301 T 09
25 Paulo Junior Sousa Siqueira 107 T 09
26 Thiago Dias da Silva 103 M 09
27 Luccas Miranda Barata 301 M 09
28 Ryane Seixas de Paiva 205 M 09
29 Jamille Rodrigues do Carmo 202 M 09
30 Juliana Rodrigues do Carmo 305 M 09
31 Lissa Milena Trindade Mendes 304 M 09
32 Thais Monteiro dos Santos 206 N 09
33 Mamiliano Monteiro dos Santos 106 N 09
34 Renata Tayana Gatinho Araújo 303 T 08
35 Priscila Caroline Alves Lopes 108 T 08
36 Luiz Wilhams Oliveira de Sales 108 T 08
37 Fernanda Cristina Maia Vierira 302 T 08
38 Natanael Carvalho da Silva 203 T 08
39 Tanielle Santos Gaspar 105 T 08
40 Sulivan dos Santos Cordeiro 105 T 08
41 Paulo Cezar Santos dos Santos 202 T 08
42 Daniel Brito Menezes 103 T 08
43 Julieth Reis da Silva 104 M 08
44 Joyce Cristina Alfaia Ribeiro 102 M 08
45 Gilberto de Souza Lima 301 M 08
46 Sindy Alves Gomes 205 M 08
47 Marcel Farias Silva 205 M 08
48 Mariane de Jesus Pereira da Silva 201 M 08
49 Ianny Watuzy Monteiro Baía 303 M 08
50 Jaqueline Batista de Lima 203 M 08
51 Lutermiro Junior Martins Rocha 203 M 08
52 Fellipe Santos Paixão 202 M 08
53 Ricardison Couto Santos 105 M 08
54 Tarcio Paulo Coelho Gouveia 305 M 08
55 Natasha Monique Maia dos Santos 305 M 08
56 Cleidson da Silva Alves 305 M 08
57 Erick Henrique Barbosa do Nascimento302 M 08
58 Willian Bruno de Souza Salvaterra 204 M 08
59 Rafael Antonio Bonneterre Lima 204 M 08
60 Aline Marques Sousa 304 M 08
61 Rafaela Cristina Campelo Miranda 201 N 08
62 Jean Silva dos Santos 104 N 08
63 Romulo Andrei da Silva Santana 203 N 08
64 José Henrique Maciel da Silva 101 N 08
65 Cleverson Galucio Ramos 204 N 08
66 Suelem Cristine Monteiro das Chagas 302 N 07
67 Diana Sena de Freitas 202 N 07
68 Fabio Oliveira de Sena 305 N 07
69 Sarah Evem da Silva Santana 305 N 07
70 Mariane Mendes Alves 305 N 07
71 Romulo dos Santos Ribeiro 303 T 07
72 Heitor Serrão Cordeiro 303 T 07
73 Carlos Augusto Salgado Cordeiro 106 N 07
74 Dione Santos dos Santos 204 N 07
75 Patrick Malcher de Oliveira 204 N 07
76 Adriano Pantoja Pinheiro 306 N 07
77 Jeane Ferreira da Silva 202 M 07
78 João Victor Barros Branco 202 M 07
79 Vinicius de Oliveira Modesto 202 M 07
80 Amanda Pimentel Paes 202 M 07
81 Jean Carvalho de Oliveira 302 M 07
82 Walter Maciel Souza Lara 302 M 07
83 Breno Willian Dos Santos Diniz 302 M 07
84 Mailson Arnaud da Silva 302 M 07
85 Aloysio Carneiro da Cunha Neto 204 M 07
86 José Victor da Silva Moura 304 M 07
87 Neryane Diniz Magina 303 T 07
88 Girleyson Oliveira siqueira 205 T 07
89 José Augusto Pinto da Silva 301 T 07
90 Maicon Wallace Souza M dos Santos 202 T 07
91 Jefferson Franco da Silva 304 T 07
92 Helder Rodrigues Campos 304 T 07
93 Leonardo Luiz Ayres de Souza 101 T 07
94 Carlos Augusto Pimenta Xavier 101 T 07
95 Wesley Santos Borges 103 T 07
96 Marcos Damrley Glavão da Luz 107 T 07
97 Tiago do Espírito Santo Macedo 107 T 07
98 Marcos Adriano Mota Hinvaitt 205 M 07
99 Thássio de Aquino Monteiro 107 M 07
100 Alessandra Santos de Souza 107 M 07

terça-feira, 25 de maio de 2010

Ingresso na Carreira Docente

Instituído Exame Nacional de Ingresso
na Carreira Docente

Portaria publicada na edição de hoje, 24, do Diário Oficial da União institui o Exame Nacional de Ingresso na Carreira Docente. O exame, que será realizado pelo Inep - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – avaliará conhecimentos, competências e habilidades de profissionais que tenham concluído ou estejam concluindo cursos de formação inicial para a docência e que desejam ingressar na carreira do magistério. A primeira edição do exame, que é anual, se realizará em 2011.
O Exame Nacional de Ingresso na Carreira Docente deverá subsidiar a contratação de docentes para a educação básica pelos governos estaduais e municipais. As secretarias de educação interessadas em utilizar os resultados do Exame definirão a forma de utilização desses resultados para fins de contratação de docentes.
A participação no Exame é de caráter voluntário, mediante inscrição e conferirá ao candidato um boletim de resultados, cujos dados somente poderão ser utilizados mediante autorização expressa do candidato.
O Exame servirá, ainda, para oferecer diagnóstico dos conhecimentos, competências e habilidades dos futuros professores para subsidiar as políticas públicas de formação continuada bem como para construir um indicador qualitativo que possa ser incorporado à avaliação de políticas públicas de formação inicial de docentes.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

ATENÇÃO PROFESSOR! FIQUE POR DENTRO DA MOBILIZAÇÃO. PARTICIPE!

AGENDA DA GREVE

DATAATIVIDADELOCALHORA
10/05DABEN - REUNIÃO DO COMANDO DE GREVEESCOLA ESTADUAL MARIA LUIZA15:00
10/05DEBATES SOBRE O PCCR NAS ESCOLASESCOLAS ESTADUAIS--:--
10/05 ASSEMBLEIA GERAL CASTANHAL --:--
11/05 ATO PÚBLICO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO PARÁ 09:00
11/05 REUNIÃO COM A CATEGORIA MARITUBA --:--
12/05 PANFLETAGEM SEDUCÃO 07:30
12/05 PANFLETAGEMFEIRAS DA CIDADE 07:00
12/05 ATO NA INAUGURAÇÃO DO CAMPUS DA UEPA (VISITA DA GOVERNADORA CASTANHAL 09:00
12/05 JULGAMENTO DA GREVE 2005 (SEMEC/BELÉM) JUSTIÇA FEDERAL 14:30
14/05 ASSEMBLEIA DA CATEGORIACENTRO SOCIAL DE NAZARÉ 09:00
14/05 ATO NAS ESCOLAS QUE APRESENTAM RESISTÊNCIA À GREVE (POR TURNO) ESCOLAS DOS CORREDORES --:--
REALIZAR AUDIÊNCIA PÚBLICA A DEFINIR --:--

REUNIÃO TODOS OS DIAS NA ESCOLA AUGUSTO MEIRA - 17 HORAS

segunda-feira, 10 de maio de 2010

INAUGURAÇÃO AUDITÓRIO

Hoje às 17 hs, um sonho torna-se realidade: iremos inaugurar o Auditório. Agora, professores e funcionários, poderão usufruir de um espaço tão longamente esperado. Que continue assim, Avertano Rocha!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

DIA DA MATEMÁTICA

No dia 6 de maio é comemorado no Brasil o Dia Nacional da Matemática. O objetivo dessa comemoração é divulgar a Matemática como área de conhecimento, sua história e suas aplicações no mundo, bem como sua ligação com outras áreas de conhecimento, buscando derrubar aquele velho mito de que aprender Matemática é difícil e apenas privilégio de poucos. O dia foi criado pela Sociedade Brasileira de Educação Matemática — a SBEM —, e a escolha dessa data é uma homenagem ao nascimento de Malba Tahan, pseudônimo de Júlio César de Mello e Souza. Tahan é autor de uma extensa obra, incluindo o livro O Homem que Calculava. Professor de Matemática e escritor muito criativo, ele adorava elaborar enigmas em sala de aula para iniciar suas explicações. O primeiro nome falso que ele adotou foi R. S. Slade para fingir que era um escritor de outro país e conseguir publicar uma história num jornal cujo editor já havia rejeitado seus contos quando ele os assinou com seu verdadeiro nome. Como a artimanha funcionou, ele decidiu usar sempre um nome estrangeiro. Mais tarde, escolheu Malba Tahan, pois adorava escrever histórias árabes. Ele nasceu no Rio de Janeiro em 1895 e morreu aos 79 anos, em 1974, no Recife. Foi um professor ousado para a época e gostava de ir muito além do ensino teórico e expositivo, do qual, aliás, foi um feroz crítico. “O professor de Matemática em geral é um sádico. Ele sente prazer em complicar tudo”, dizia. Também não dava notas “zero” nem reprovava seus alunos. “Por que dar zero se há tantos outros números?”. Já suas histórias eram sobre aventuras misteriosas, com beduínos, xeiques, vizires, magos, princesas e sultões. Em O Homem que Calculava, ele conta as aventuras de Beremis, um árabe que gostava de resolver os problemas da vida com soluções matemáticas. Os números e as propriedades numéricas eram, para ele, como seres vivos. Ele dizia que existem números alegres e bem-humorados, frações tristes, multiplicações carrancudas e tabuadas sonolentas. O Dia Nacional da Matemática, por enquanto, é apenas reconhecido pela SBEM, mas já existem iniciativas para incluir a data em calendários oficiais. E, além de propor a criação da data, a SBEM vai organizar e realizar eventos comemorativos. A cada ano, uma temática comum será proposta como eixo desses eventos, que poderão incluir a realização de atividades como feiras de Matemática abertas à comunidade, oficinas e palestras para professores, mostra de trabalhos de escolas, acampamentos de jovens para discussão de problemas matemáticos e apresentações teatrais. Será uma característica do brasileiro não reconhecer seus talentos e buscar no exterior seus modelos? O professor Mello e Souza enfrentou esse preconceito no início de sua carreira, mas sua mente criativa conseguiu “driblar” essa situação inventando um personagem estrangeiro, por meio do qual sua voz pôde se manifestar. Para criar Malba Tahan, ele pesquisou durante muitos anos a cultura árabe e chegou a ler o Corão e o Talmude. Deu a seu personagem um nome completo, biografia adequada e seu próprio talento de contador de histórias. E deu certo! Muitas pessoas nunca ouviram falar de Júlio César de Mello e Souza, mas são fãs das histórias fabulosas de Malba Tahan. Como muitos cientistas e matemáticos famosos, a vida escolar dele não foi um sucesso, e talvez tenha sido isso que o levou a ensinar de um jeito diferente, contando histórias, propondo desafios, sendo um ator em sala de aula. Ele combatia a Matemática monótona e expositiva com técnicas que hoje são apresentadas como novidades didáticas. Defendia o uso de jogos nas aulas de Matemática e a instalação de laboratórios para o ensino dessa matéria e encarregava os melhores alunos de ajudar os que tinham mais dificuldade. Apesar disso, ainda hoje, muitos estudantes continuam a ser reprovados pela mesma prática pedagógica que ele combatia. Os alunos se queixam do excesso de memorização e dos cálculos repetitivos e não enxergam a utilidade dos conteúdos aprendidos. Professores despreparados não sabem o que fazer para tornar as aulas mais atraentes. Não possuem modelos nos quais se espelhar, já que sua própria educação em relação à Matemática também foi conteudista e baseada na memorização. O fácil acesso dos estudantes às calculadoras e, em alguns casos, aos computadores, provoca o questionamento sobre a validade de alguns aprendizados. Ainda é necessário estudar a tabuada? E logaritmos? Muitas pesquisas vêm sendo realizadas com o objetivo de estabelecer novos rumos para o ensino de Matemática, mas os resultados tardam a chegar às salas de aula. Então, é hora de olharmos um pouco para trás, para quem teve coragem de ousar e fazer dessa ciência algo divertido. E não repetir o erro de achar que é lá fora que estão os modelos a serem seguidos. Para ir mais longe Conheça a história da Matemática e veja como ela constitui um dos capítulos mais interessantes do conhecimento humano.Saiba mais detalhes sobre a vida e a obra do professor Júlio César de Mello e Souza.Fonte: Portal Aprende Brasil

ATENÇÃO , PROFESSORES!

Professor, verifique quanto você irá ganhar, conforme a proposta do governo (PCCR)...

PROFESSOR

20h (100H)

30h (150H)

40h (200H)

Classe Especial

512,50

768,75

1.025,00

Nível Superior (ad4)

515,15

772,52

1.030,02

Especialista

522,75

784,10

1.045,47

Mestre

530,58

795,86

1.061,15

Doutor

538,53

807,80

1.077,07

TÉCNICO

30h (150H)

40h (200H)

Nível Superior

731,77

975,40

Especialista

742,75

990,33

Mestre

753,89

1.005,19

Doutor

765,20

1.020,27

FONTE: Sintepp

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Vergonha:Professor Paraense tem o menor salário do Brasil

Foi veiculada num jornal de grande circulação no Pará, este final de semana, que o professor paraense tem o menor salário de todo o Brasil. Isto se considerarmos o salário percebido de 513,00, para uma jornada de 100 horas/mensais, o que representa R$ 5,13 a hora aula para professores de nível superior (AD4), e R$ 5,10 para professores de nível médio, os chamados AD1. Entre os 22 estados mencionados na reportagem, o Pará é o último colocado. No vizinho estado do Acre, o professor nas mesmas referências e escolaridade recebe R$ 13,96 (30 horas/semanais). No Amazonas o valor é maior ainda: R$ 14,00 (20 horas/semanais). Por uma triste coincidência outro jornal, também de ampla circulação, veiculou, no mesmo dia, matéria informando que R$ 82 milhões depositados na conta da SEDUC e das secretarias municipais foram seqüestrados (devolvidos) ao Ministério da Educação por falhas na prestação de contas. Mais uma prova cabal da incompetência do governo estadual. Baixos salários, falta de verbas, incompetência, falta de democracia, péssimas condições de trabalho e desrespeito aos trabalhadores em educação fazem parte do dia a dia da categoria. Este quadro tem conseqüências trágicas. Uma delas é que o Pará tem o pior IDEB da educação básica de todo o país. Tudo culpa de uma administração que, a despeito da propaganda oficial, não prioriza a educação nem valoriza os trabalhadores. QUANTO GANHA UM PROFESSOR ESTADO VENCIMENTO HORA-AULA

ESTADO

VENCIMENTO

HORA-AULA

Amazonas

1.120,00

14,00

Acre

1.675,79

13,96

Mato Grosso

1.575,00

13,12

Roraima

1.281,00

12,81

Distrito Federal

2.033,54

12,70

São Paulo

1.835,00

11,47

Rio de Janeiro

1.831,74

11,45

Bahia

1.666,00

10,41

Maranhão

815,00

10,41

Minas Gerais

935,00

9,73

Paraná

1.475,90

9,22

Espírito Santo

912,91

9,13

Sergipe

1.450,00

9,06

Rondônia

1.433,00

8,95

Tocantins

1.160,00

7,25

Rio G. do Norte

862,00

7,23

Ceará

950,00

5,93

Paraíba

712,00

5,93

Alagoas

946,45

5,91

Rio G. do Sul

862,00

5,39

Pernambuco

1.025,00

5,13

Pará

1.026,00

5,13